Fonte: Canção Nova
Formação

Quaresma, um tempo de conversão!

“Ao olhos da fé, nenhum mal é mais grave que o pecado, e nada tem consequências piores para os próprios pecadores, para a Igreja e para o mundo inteiro”, diz o Catecismo (n. 1489)

Fonte: Obra de MariaA Quaresma é um tempo em que Deus nos convida à conversão profunda. Como viver a Quaresma? Sobretudo é preciso meditar sobre isso: o pecado nos afasta de Deus e levou Jesus a vir à Terra para nos salvar, morrendo numa Cruz; devemos arrancar o pecado da nossa alma; um dia nos encontraremos com Deus.

O mais importante é tomar consciência do pecado e o desejo de tirá-lo da nossa alma. É nesse sentido que a Quaresma é um período de penitência. Que penitência ou sacrifício podemos fazer? Há muitas coisas que o povo faz: não tomar refrigerante, não comer chocolate ou doces, acessar menos o Facebook, o WhatsApp, o Instagram… Não comer fora de hora, cortar os churrascos e festas, bailes etc.

A escolha da mortificação vai de cada um. Além do jejum, que pode ser de muitas maneiras, a Igreja ensina o grande valor da oração e da esmola, “remédios contra o pecado.” Intensificar a oração: pensar mais em Deus, participar mais da Missa, da Eucaristia, Confessar-se, fazer o exercício da Via Sacra, da adoração ao Santíssimo, rezar o santo Terço, fazer meditação da Palavra de Deus. Rezar ao menos três vezes por dia: de manhã, ao acordar, ao meio dia, e à noite, antes de deitar.

A nossa esmola não deve ser apenas a ajuda ao pobre, mas também a todos os carentes de muitas formas: a esmolaMadre-Teresa-de-Calcuta-caridade-amor do sorriso, da ajuda, do serviço desinteressado ao outro, a esmola da paciência, do afeto, do carinho, da boa orientação, da atenção ao que precisa de nós.

São João Paulo II disse que “o fruto da Quaresma é Jesus Cristo”. É se aproximar dele. Santo Agostinho indica: “Um homem sem Deus é um peregrino sem meta, um questionado sem resposta, um lutador sem vitória, um moribundo sem nova vida”. “Quem ama a Deus nunca envelhece. Leva em si Aquele que é mais jovem que todos os outros”.

“Eu não seria nada, meu Deus, absolutamente nada, se não estivesses em mim”. “O maior castigo do homem é não amar Deus”. “Declaraste guerra a Deus? Tem cuidado. Quantas mais e maiores pedras lances ao céu, mais e maiores serão as feridas que te causarão ao cair.” São Tomás de Aquino disse que “quanto mais o homem se afasta de Deus, mais se aproxima do nada.”

*Professor Felipe Aquino é escritor e apresentador da TV Canção Nova.

Prof. Felipe Aquino

Fonte: Canção Nova


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *