Sem Categoria

Retiro Regional do Pastoreio aprofunda Caminho da Paz

Caminho da Paz, Plano Evangelizador e Formação de Lideranças foram os três grandes temas que permearam o Retiro Regional do Pastoreio Shalom no Sudeste. O encontro aconteceu no último final de semana, 9 e 10 de novembro, em Magé, no Rio de Janeiro.

A proposta foi idealizada no ano passado pelo fundador e moderador geral da Comunidade Shalom, Moysés Azevedo. O objetivo é capacitar os pastores, que são os coordenadores dos grupos de oração, dentro do Caminho da Paz e do Plano Evangelizador, de acordo com Franco Michel Galdino, seminarista da Comunidade Católica Shalom que trabalha na Assistência Apostólica, setor responsável pelo Caminho da Paz.

pastoresFranco explicou que mais importante do que o conteúdo é que o pastor possa transbordar a experiência com Deus para as suas ovelhas. “O Caminho da Paz é o nosso itinerário espiritual. Então, a dimensão da oração é fundamental para a pessoa conseguir entender o caminho. Olhar para a vida dela e perceber o que el trilhou até agora é compreender melhor o caminho da paz”, destacou.

Estar em comunhão com toda a Comunidade, levar os pastores a se renovarem em sua missão e fazê-los compreender o Caminho da Paz foram os grandes benefícios do retiro, de acordo com a coordenadora apostólica do Shalom no Rio de Janeiro, Gabriela Viana.

De acordo com a missionária, é preciso que os pastores compreendam bem seu papel para a eficácia do Plano Evangelizador. “Os pastores, compreendendo sua missão,  já contribuem com 50% do andamento do plano evangelizador, que é o favorecimento da vivência das nossas ovelhas na obra”, explicou.

O retiro já aconteceu também em Natal (Regional Nordeste 1), Fortaleza, Quixadá (Ceará), Salvador (Regional Nordeste 2), Brasília e São Paulo (Regional Sul). O encontro deverá ser realizado também em São Luís (Regional Norte) ainda neste ano. A realização do evento em outros anos ainda está sendo estudada, de acordo com Franco Michel.

Formação para pastores

Além de momentos de oração, o retiro é composto por tardes com conteúdos formativos. São discutidos temas como a importância do pastor no grupo de oração, a oração comunitária, o acompanhamento, o lazer. O conteúdo é ministrado intercalado com perguntas e respostas.

A missão do pastor é a de acompanhar suas ovelhas em um caminho de intimidade com Deus. “A característica fundamental do pastor Shalom é a experiência de Deus que tem que ter para transbordar para as ovelhas. Ele é no fundo como um irmão mais velho que já viveu e vai ajudar o irmão a viver também”, explicou Franco. De acordo com o seminarista, a missão do pastor da Obra Shalom é confiada por Cristo, pela Igreja, pela Comunidade.

Formação de lideranças é um dos outros conteúdos do retiro. Franco explicou que é preciso que os pastores “invistam” nas lideranças e que tenham um olhar de Cristo sobre as ovelhas. Houve partilhas e testemunhos dos pastores.

Renovar em unidade

O retiro proporcionou uma renovação no pastoreio, de acordo com Douglas Eduardo de Souza, da Difusão da Obra Shalom de Petrópolis. “Parei para pensar como eu estava e o que é o pastoreio de Jesus. Tem que ser com amor e não com a razão”, ressaltou.

A unidade com Cristo e com o carisma foi a grande graça do final de semana, segundo o coordenador de grupo de oração do Centro de Evangelização do Catete, Guilherme Ramos. “O retiro me deu uma graça de unidade com Cristo, com os outros pastores e o sentido da oferta feliz para as ovelhas”, completou.

Para Eliana Lobo, de Belo Horizonte, o retiro foi uma forma que Deus utilizou para abrir os pastores a uma “obra nova” que Ele deseja fazer: “As ovelhas são um povo que Deus nos confia”, destacou. De acordo com ela, é preciso que o pastor esteja atento ao desenvolvimento de suas ovelhas. “O Caminho da Paz é um caminho de crescimento e o pastor tem que estar atento para que a pessoa não o viva mecanicamente, mas cresça”.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *