Photo by Dan Kiefer on Unsplash
Formação

Roteiro para fazer a Celebração de Natal em família

Para nos auxiliar a bem viver o Natal do Senhor, segue o roteiro para uma pequena celebração a ser realizada antes da ceia deste ano.

Todos os anos, em meados de novembro (cedo, né?), as ruas de muitas cidades são transformadas pela quantidade enorme de luzes, brilhos e decorações natalinas que invadem as lojas, casas, shoppings centers, prédios, restaurantes e outros edifícios.

E enquanto as cidades ganham tantos brilhos exteriores, o sentimento que invade uma boa parte das pessoas é outro: existe um certo ar de tristeza, melancolia e escuridão em muitos corações. Trata-se de um índice tão alto, que esta situação gera um questionamento: por que será que em uma época tão feliz, na qual Deus veio visitar a humanidade, cumprindo Sua promessa de salvação para o mundo, tantas pessoas se entristecem?

Claro que existem casos particulares nos quais a perda de um parente amado, enfermidades ou algum outro problema podem interferir no modo com o qual uma pessoa celebra o Natal, entretanto, o que mais se vê hoje em dia é uma falta de sentido a respeito do significado desta data, que trata-se essencialmente da natividade de Jesus Cristo, o Salvador do mundo, mas que é lembrada muito mais pelo valor comercial que possui, pela “chegada” do Papai Noel ou até pelos banquetes que serão servidos na noite da véspera do dia 25 de dezembro.

Há muitos anos atrás, estreava nos cinemas um filme que se passava na época do Natal, no qual o personagem principal, Kevin, era acidentalmente esquecido por sua família em casa, enquanto todos viajavam para passar o recesso de final de ano fora da cidade. Infelizmente, nos dias atuais, esta vem sendo a realidade a respeito do Menino Jesus no Natal, literalmente, Ele pode dizer: “Esqueceram de mim”.

O filme supracitado teve um final feliz, apesar do garoto ter passado por muitos perigos sozinho em casa. E neste Natal também poderemos dar o devido lugar a Jesus em nossos corações, pois Deus, em sua infinita misericórdia, nos concede a graça de vivermos um novo ano litúrgico, iniciado neste Advento, que nos prepara para bem celebrarmos a vinda de Jesus Cristo ao mundo, a verdadeira luz que necessita brilhar dentro e fora de nós.

Veja também Celebração do Natal em família: um lugar para nascer

Para nos auxiliar neste sentido, segue o roteiro para uma pequena celebração a ser realizada antes da ceia de Natal:

Celebração de Natal em família: Cristo é a nossa luz!

Material necessário:
1 – Presépio;
2 – Velas adequadas (conforme a quantidade de participantes);
3 – Manual da celebração impresso para ser distribuído aos participantes;
4 – Bíblia para o leitor (as páginas das leituras devem ser marcadas previamente);
5 – Violão (caso haja um participante que saiba tocar).

É recomendado, se possível, que a celebração comece do lado de fora da casa, no jardim ou na varanda, onde as luzes deverão estar apagadas.

ACOLHIDA

Dirigente: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Dirigente: Boa noite! Estamos reunidos hoje com grande alegria para celebrar a vinda do nosso Salvador ao mundo, Jesus Cristo, a luz verdadeira que deve brilhar em nossos corações. Para isto, clamemos a ação do Espírito Santo sobre nós:
O dirigente deve clamar a ação do Espírito Santo de forma espontânea, com uma música ao Espírito ou através da oração:

“Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus que instruíste os corações dos vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos da sua consolação. Por Cristo Senhor Nosso. Amém”.

REFLEXÃO

Após o clamor ao Espírito, enquanto o dirigente fala a respeito das velas apagadas, as mesmas deverão ser distribuídas entre os participantes.

Dirigente: Estas velas apagadas representam a nossa vida sem Jesus Cristo, sem a luz verdadeira que ilumina as nossas trevas, nos retirando da escuridão. Sem Ele não podemos enxergar, não podemos caminhar sem correr o risco de nos perder. A Palavra de Deus nos fala a respeito de um povo que andava nas trevas e que também viu uma luz:

Leitor: Leitura do livro do Profeta Isaías: “O povo que andava nas trevas viu uma grande luz, uma luz raiou para os que habitavam uma terra sombria como a da morte” (Is 9, 1).

O dirigente deve convidar os participantes a refletirem por um instante, em silêncio, a respeito de suas vidas, de como viveram durante todo o ano de 2018, se nas trevas ou na luz. Em seguida, deve convidar os participantes a repetirem esta pequena oração:

Todos: Senhor Jesus, nos colocamos diante do mistério da Tua Encarnação com os nossos corações, tantas vezes cheios de trevas por causa do pecado. Te louvamos, pois Tu és a Luz verdadeira que brilha e conduz pelas veredas da Paz. Te pedimos que Tu venhas iluminar as nossas escuridões, através da Tua Luz beatíssima, perscruta o nosso interior e nos revela aquilo que em nós precisa ser alcançado e transformado por Tua Graça, amém!

ENTRADA DA IMAGEM DO MENINO JESUS

Após a oração, o dirigente convide os participantes a se prepararem para receber a imagem do Menino Jesus, cantando “Noite Feliz”, enquanto isto, um participante deve entrar com uma vela já acesa e outro participante com a imagem do Menino Jesus (se possível, uma criança).

Noite Feliz (Padre John Mohr)

Noite feliz, Noite feliz, / Ó Senhor, Deus de amor, / pobrezinho nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus, nosso bem. / Dorme em paz, oh Jesus. / Dorme em paz, oh Jesus.
Noite de paz! Noite de amor!
Tudo dorme em redor, / entre os astros que espargem a luz, / indicando o Menino Jesus.
Brilha a estrela da paz.
Noite de paz! Noite de amor!
Nas campinas ao pastor, / lindos anjos mandados por Deus, / anunciam a nova dos céus,
Nasce o bom Salvador!

O dirigente deve convidar os participantes a se dirigirem, ainda cantando, ao local onde o presépio estará montado e bem iluminado. O dirigente e os participantes que portam a vela acesa e a imagem de Jesus devem ir à frente.

Ao chegarem diante do presépio, a imagem do Menino Jesus deve ser depositada na manjedoura e o participante com a vela acesa deve comunicar sua chama às velas dos outros participantes. Todos continuam cantando enquanto as velas são acesas.

Quando todas as velas estiverem acesas, o dirigente deve conduzir um pequeno momento de contemplação da imagem do Menino Jesus, que é luz para a nossa vida, enquanto um participante faz uma breve leitura:

Leitor: Leitura do Evangelho de São Lucas: “Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo, e suscitou-nos uma força de salvação na casa de Davi, seu servo, como prometera desde tempos remotos pela boca de seus santos profetas, salvação que nos liberta dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam; para fazer misericórdia com nossos pais, lembrado de sua aliança sagrada, do juramento que fez ao nosso pai Abraão, de nos conceder que — sem temor, libertos da mão dos nossos inimigos — nós o sirvamos com santidade e justiça, em sua presença, todos os nossos dias. Graças ao misericordioso coração do nosso Deus, pelo qual visita-nos o Astro das alturas, para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte, para guiar nossos passos no caminho da paz”. (Lc 1, 67-75.78).

PRECES

Dirigente: Façamos neste momento os nossos pedidos a Deus, nós que acabamos de entronizar o Menino Jesus em sua manjedoura, peçamos que ele venha reinar também em nossos corações.

Leitor: Senhor Jesus, te pedimos que as luzes exteriores deste tempo não venham a ofuscar a Tua presença em nossos corações, Tu que és o verdadeiro brilho do Natal. Enche nossas vidas com a tua alegria e com o teu amor, gerando em nós uma real conversão.

Todos: Altíssimo, Deus glorioso, vem iluminar as trevas do meu coração.

Leitor: Senhor Jesus, te pedimos neste momento por nossas famílias. Que a Tua Luz brilhe em meio aos nossos relacionamentos e que, pela graça da Tua encarnação, que todas as inimizades, indiferenças e brigas cessem, abrindo espaço para que o perdão, a caridade e a fraternidade gerem sólidos vínculos de comunhão, amor e paz.

Todos: Altíssimo, Deus glorioso, vem iluminar as trevas do meu coração.

Leitor: Senhor Jesus, te pedimos por todos os homens que jazem na escuridão e sem sentido de vida, por não te conhecerem. Socorre cada um destes que estão perdidos nas drogas, violência, desunião, criminalidade, enfermidades, falsas mentalidades e corrupção, ajudando-os a encontrar a Tua Luz neste Natal.

Todos: Altíssimo, Deus glorioso, vem iluminar as trevas do meu coração.

Leitor: Senhor Jesus, te pedimos por toda a Igreja nesta noite. Abençoa a vida do Papa Francisco e a todas as dioceses, comunidades e fiéis do mundo inteiro. Concede-nos a graça de, como Igreja, sermos luz para este mundo.

Todos: Altíssimo, Deus glorioso, vem iluminar as trevas do meu coração.

Dirigente: Rezemos com confiança a oração do Pai Nosso para que o Senhor, escutando o nosso clamor de filhos necessitados, possa atender as nossas preces.

Todos: Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal. Amém.

ORAÇÃO FINAL

Dirigente: Senhor, nosso Deus, iluminados pela Luz que emana do vosso Filho e guiados pelo vosso Espírito de Amor, concedei-nos a graça de permanecermos nesta mesma luz a cada dia de nossas vidas, a fim de que nunca nos percamos do caminho da verdadeira Paz, por Jesus Cristo, vosso Filho, que vive e reina para sempre.

Todos: Amém.

Dirigente: O Senhor nos abençoe, nos guarde e nos livre de todo mal, amém! (Enquanto o dirigente profere estas palavras, todos fazem o sinal da cruz).

Dirigente: Desejo a todos nós um feliz Natal! Podemos nos confraternizar, cantando*:

É Natal (Comunidade Shalom)

É Natal! / Um menino nos foi dado / e a nós foi revelado / o plano de amor do Pai.
É Natal! / E Jesus se faz criança / e em nós nasce a esperança / de reaprender a amar.
É Jesus, o Príncipe da Paz / Sinal para os perdidos / Astro que brilha mais.
É Jesus, mão forte do Senhor / Consolo e ternura / Do Pai olhar de amor.

* Caso esta música não seja conhecida pelos participantes ou não haja quem toque violão, o dirigente pode executá-la em CD ou através dos serviços de streaming digital pela internet (Spotify ou Deezer), enquanto os participantes se confraternizam.

Feliz Natal! Que a Luz de Cristo brilhe em cada coração!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *