Formação

São Lucas: Deus, o médico e o paciente

Hoje celebrando o Evangelista São Lucas festejamos o Padroeiro dos Médicos, e com ele homenageamos a todos/as que se dedicam a exercer a profissão honrosa e por certo nobre e generosa como a medicina.

O médico das almas como foi chamado pelo escritor e biografo Taylor foi o Evangelista que apresentou a Jesus como modelo de humanidade perfeita, e converteu o anuncio cristão em Boa Nova de Salvação integral especialmente aos pobres, aos que atendeu como profissional da saúde gratuitamente. Na sua pessoa vemos o paradigma da medicina da benignidade humanitária que focaliza a cura integral do paciente e ultrapassa a medicina alopática, para desenvolver e promover um processo teo-psico-somático que responde as três dimensões do ser humano, qual sejam: corpo, mente e espirito segundo a antropologia paulina.

Assim como descobrimos que a terra não é um mecanismo físico e material, mas um organismo vivo, o paciente não é um apenas um prontuário ou uma máquina com defeitos, mas um sujeito que interage e intervém ativamente na sua cura. Em uma campanha da fraternidade sobre a saúde pública nos fez ver que na relação terapêutica participavam três agentes: Deus, o médico e o paciente.

São Lucas nos impulsiona a práticas curativas da alma e do corpo, restaurando o ser humano na sua inteireza e completude. Também seu exemplo nos faz lembrar ao Médico Patch Adams autor do livro: “O amor é contagioso”, colocando a força curativa, libertadora e terapêutica do amor e da compaixão como um caminho necessário de relacionamento médico-paciente.

Nas ultimas discussões sobre o programa de saúde do governo, o que interessa não é saber se o médico é daqui ou dali, mas se como Lucas plenamente humano, isto é voltado a ser um profeta da vida, um servidor da saúde plena, e um restaurador compassivo das iatrogenias e fragilidades do seu povo, da sua família: a espécie humana. Deus seja louvado!

Oração a São Lucas para quem vai passar por uma cirurgia

São Lucas, que foste o mais santo dos médicos,

também foste encorajado pelo Espírito celestial do amor.

Ao detalhar fielmente a humanidade de Jesus, mostraste Sua divindade e Sua genuína compaixão por todos os seres humanos.

Inspira nossos médicos com seu profissionalismo e com a divina compaixão por seus pacientes.

Capacita-os a curar os males do corpo e do espírito, que afligem tantos em nossos dias.

Amém.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *