Notícias

São muitas as formas de aproveitar o Festival Halleluya

Tem gente que aproveita o evento para doar sangue, para curtir muita música com os amigos ou ainda para apreciar os shows com a família.

O Festival Halleluya é um evento que veio do coração de Deus para a evangelização dos povos. Com mais de 40 atrações distribuídas em cinco dias de programação, o evento já faz parte da vida de muitas pessoas que direta ou indiretamente bebem da graça e dos frutos da ajuda. Em um giro pela arena, é possível encontrar pessoas que aproveitam o evento de diferentes formas.

Solidariedade

A funcionária pública, Teresinha Nunes, 62, que participa todos os anos do festival é um exemplo disso. Ela mostra que para ajudar ao próximo não tem idade. Ela estava no Hemoce promovendo um gesto de generosidade ao doar sangue. “É tão bom a gente ajudar as pessoas que precisam”, conta.

E não é diferente da Nágila Lima, 44, que desde 2003 trabalha no festival, pronta para abordar possíveis doadores. Para ela é muito gratificante ajudar dessa maneira. “É um momento de graça, porque é um evento que além de ter esse momento de comunhão com Deus, de evangelização, a gente pode exercer a solidariedade doando sangue”.

Muita música

Maurício Bessa, 20, mal podia esperar para começar a funcionar a tenda eletrônica, ele estava na fila com um grupo de amigos de Horizonte, cidade cearense. É sua primeira vez no festival e está gostando de tudo o que tem visto. Ele veio por convite de um amigo que há alguns anos participa do Halleluya. “É massa aqui, vi que tem várias atrações, tem até pista de skate. Eu já estou pensado em vir outros dias para cá”. Para ele é diferente da ideia que ele pensava ser. “Eu achava que era chato, mas não é”.

Conforto para shows

Além de espaços de aventuras radicais e do palco alternativo, outra área que tem uma vista privilegiada do palco é o lounge. Lilian Marques, 32, veio com a família toda para curtir os shows e momentos de oração, para ela o evento tem várias opções de lugares, mas o lounge é bem mais confortável e tem preços que são acessíveis. “Eu gosto de ficar aqui porque a gente pode aproveitar tudo, é um espaço mais tranquilo e dá para trazer os filhos e a família toda”.

Antoyles Batista


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *