Institucional

Shalom realiza Congresso de Jovens na Itália

italia-2

A Comunidade Catolica Shalom , realizou de 2 a 4 de dezembro ,o Congresso de Jovens Shalom (CJS), em Roma, Itália. No segundo dia ,3, o Congresso contou com  a presença de  Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Católica  Shalom, que pregou  para a juventude italiana sobre a amizade com Deus, e  de como ir  “mais longe do que os nossos pés”,  o tema central do Congresso . O fundador se aprofundou , falando de  sua própria história, seu encontro com Jesus e como ele descobriu o plano de Deus para sua vida.

italia-3

Um encontro com Jesus

“Deus tem um plano de amor para cada um de nós. Porque Ele nos ama. Mas quem é Deus? Qual é o nome de Deus? O nome de Deus é misericórdia. Deus não quer condenar ninguém. Jesus deu sua vida por todos, Ele não condenou ninguém porque a condenação é nossa escolha. Cristo deu sua vida para nos perdoar porque Ele é misericórdia. Deus coloca seu coração em nossas misérias e fraquezas, nos ama, nos perdoa e nos salva de nossa miséria, dando-nos uma nova vida. Se somos fracos, Ele está pronto para nos perdoar. Deus é sempre perdão. Deus nos ama visceralmente e fielmente. Ele está sempre pronto a perdoar, e anda conosco: se caímos ele está pronto para nos erguer. Deus nos ama em nossa fraqueza para transformá-la e tornar nossa vida bela e para que possamos viver a verdadeira felicidade. italiaQuantas vezes precisamos dele, Ele nos ajudará e assim poderemos ser felizes. Se vamos ao sacramento da reconciliação com um coração contrito Deus perdoará, Ele perdoa tudo e para sempre. Podemos confiar na misericórdia de Deus. ” Através das histórias dos grandes santos que eram grandes pecadores, em seguida , Moysés demonstrou o que a misericórdia de Deus é capaz de fazer, “há esperança para nós!” . E com entusiasmo disse, lembrando-nos que as portas do céu estão sempre abertas, que “o Senhor sempre respeita a nossa liberdade, aguarda a nossa resposta, o nosso “sim “. Deus quer fazer milagres em nossas vidas, mas Ele respeita e espera que nós abramos livremente nossos corações, para crescer em nosso relacionamento com Ele. Ele está aqui. Ele está aqui  e seu coração compassivo quer chegar com nosso coração fraco para curar as feridas de nossas vidas”. “Vocês acreditam nisso?” , questionou.

Convidados e palestras

O CJS continuou com palestras  do Professor Valter Santilli, Guzman Carriquiri, Vice-Presidente da Comissão Pontifícia para América Latina,  e padre Edie Bethlem, consagrado e missionario da Comunidade Shalom.

De dificil abordagem, o  professor Santilli , desenvolveu o tema de  como lidar com nossos “momentos negativos”, que muitas vezes, em dias cansativos, nos flagelam. “Não negue – ele disse – estamos cheios de problemas, na escola, ou com nossos amigos ou com nossos parentes. Como podemos lidar com isso em nossa vida cotidiana? Como a experiência da dor pode tornar-se “alegria perfeita”? Essa questão crucial,  tem gerado o interesse do público. A resposta é a mais desarmante: “o sofrimento é algo verdadeiramente precioso, porque é a única coisa que podemos realmente dar a Deus.Enquanto a alegria é um presente dele, a dor que encontramos em nossas ruas é “inesperada”. Aprenda a oferecer a Ele, demonstre  maturidade e consciência, e isso agradará ao Senhor. O sofrimento que não é oferecido,  é simplesmente perdido, é uma espécie de árvore estéril que nunca dão frutos. Portanto, vamos perguntar-nos como vivemos os nossos “momentos negativos” para entender qual é a qualidade do nosso relacionamento com Deus e tentar escolher o caminho da oferta”. No final desta reflexão, Guzman Carriquiri , nos advertiu sobre a cultura que muitas vezes se transforma em uma “máquina de distração gigante” e uma “censura das grandes questões”. Deixar ressoar dentro de si ,questões existenciais é, no entanto, essencial, é um sinal de vida e saúde. E quando surgem essas questões, temos a Jesus Cristo, o único que tem verdadeiras respostas às nossas perguntas. “Ouça-o!”, alertou  Carriquiri, aos participantes .

Com os  corações inflamados, os jovens  estavam prontos para ouvir a intervenção do padre Edie, cujas palavras expressaram outras verdades profundas: ele lembrou o poder revolucionário da pessoa que acredita no que ele acredita. A crença principal do cristão é que Deus está em si mesmo; toda a força vem do Ressuscitado. Aqueles que vivem com essa convicção são seguros e ainda mais poderosos. “Olhe para Francisco – pediu padre Edie – ele não tinha nada para dar, mas ele estava convencido de seus ideais e assim o santo contribuiu decisivamente para a Igreja. Jovens, sejam como ele, vocês são a Igreja hoje! “

Teatro que evangeliza

Por fim , foi apresentada a peça “O Cantos das Irías”, em que,  jovens contam as desventuras de alguém de sua idade, que enfrenta a dura realidade das tentações. No centro do show um grande pensamento: o fundamento de tudo é a verdade; mas o homem estará pronto para aderir a ela?  Porém, essa transformação é impulsionada pela esperança: no final você pode dizer, agora renascido, “já não sou eu que vivo, mas Cristo vive em mim.” Que maior alegria? Duc in Altum !!!!

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *