Shalom

Shalom Santo Amaro e PJJ: Um trajeto de desafios, um legado de misericórdia

Felizes comemoramos esses 30 anos de Projeto Juventude para Jesus, porque temos a certeza de que, mais uma vez, como no Evangelho de São João, o Senhor esteve entre nós – os jovens – e nos disse: “Shalom!”.

No dia 13 de maio – celebração da festa de Nossa Senhora de Fátima em toda Igreja Católica – o Shalom de Santo Amaro, localizada na Região Metropolitana de São Paulo, comemorou, aos pés da Virgem Maria e sob a certeza de sua intercessão, seus 22 anos. Anos cercados de muitos desafios, do constante novo vivido pelo povo, de dores e, principalmente, de alegrias.

Por providência divina e, quase como uma profecia, no dia 21 de maio, celebramos em comunhão com toda Comunidade Católica Shalom, a fundação do Projeto Juventude para Jesus. Para alguns, é apenas uma coincidência a proximidade entre as comemorações. Para nós, é sinal de que Deus, assim como no Gênesis, vinha criando em nós a inteireza necessária para alcançarmos o coração do povo que ele nos confiava: os jovens!

“Quando cheguei na Comunidade, em 2008, o Projeto Juventude, ainda era algo muito novo. Não tínhamos uma ‘cara’, uma identidade e apenas com o tempo fomos tomando forma. Por isso, posso dizer que sou fruto da simples oferta de irmãos que se deram até o fim, por mim e por todos os jovens daquela época” Gabriel Guedes

Gabriel Guedes é consagrado da Comunidade de Aliança e é um dos primeiros jovens engajados na obra da missão. Fundado no ano de 2007, o Projeto Juventude para Jesus do Shalom de Santo Amaro contou com a total dedicação de irmãos da Comunidade de Vida e de Aliança, além de famílias, jovens e adultos engajados na obra.

“No início, tínhamos apenas a Secretaria Jovem na missão e eu, que na época apenas frequentava o Centro de Evangelização, junto a alguns membros da Comunidade, demos os primeiros passos para fundação do PJJ em Santo Amaro. A Assessoria Jovem nos pedia ao menos cinco grupos de oração jovem e tínhamos apenas três, mas seguimos do mesmo jeito!”, lembra Fernanda Caetano, consagrada, formadora comunitária na Comunidade de Aliança e uma das jovens presentes da fundação do Projeto Juventude da missão.

Entre os principais desafios daquele tempo, havia o grande questionamento de como atrair os jovens para a Comunidade e fazê-los permanecer, já que o estilo de vida destes era totalmente distinto da maioria dos outros jovens do país, principalmente os do Nordeste – local de origem da maioria dos missionários da Comunidade e do Carisma Shalom.

Ali, Deus revelava de forma concreta o sentido das palavras do apóstolo São Paulo ao conhecer a comunidade de Corinto: “Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns”. Aqueles jovens, sempre agitados, tão singulares, bombardeados a todo tempo pelas tendências do mundo, impulsionados freneticamente pelo “ter”, esquecidos da importância do “ser”, não tinham nada em comum, sendo assim, como poderíamos alcançar a todos?

Por uma via única, que ao encontrar o coração do homem, o faz reconhecer sua pequenez absurda e a necessidade quase que vital do amor de Deus: a misericórdia! Tal via não seria apenas aquela que faria com que o Projeto Juventude para Jesus desses seus primeiros passos no desbravamento da Terra da Garoa, mas também se faria o pilar para manter aquela missão, dada, antes de todos, pelo próprio Cristo.

Atualmente, o Projeto Juventude conta com diversos grupos de oração e duas irradiações. Uma delas, localizadas no Centro Universitário Ítalo-Brasileiro, onde a Comunidade possui o Espaço Shalom, missionários espalhados em boa parte dos cursos de graduação da universidade, além de frequentes formações sobre maturidade humana, a fé e doutrina católica.

Com tudo isso, passaram-se anos, desde o primeiro jovem a passar pela porta do Centro de Evangelização Shalom e como resultado dessa oferta tão feliz e fecunda, vemos – não por esforços humanos, mas pela graça de Deus – jovens saírem por essas mesmas portas, agora, como ministros e discípulos da paz. Felizes comemoramos esses 30 anos de Projeto Juventude para Jesus, porque temos a certeza de que, mais uma vez, como no Evangelho de São João, o Senhor esteve entre nós – os jovens – e nos disse: “Shalom!”.

CJS 2019: Edição celebrativa e internacional em Fortaleza

Renan Silva


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *