Shalom

Tempo para amar: testemunho vocacional

“Sim, vou te seguir! A tua voz me conquistou!”: foi envolta desse mistério que iniciei o meu primeiro ano vocacional, em 2016. Após minha experiência pessoal com o amor de Jesus, o ressuscitado que passou pela cruz, crescia no meu coração um intenso desejo de me ofertar, de ser inteira d’Ele e de amá-lo sem reservas: era a Voz do Amado a me chamar. Desejosa por descobrir o meu lugar na Igreja, a minha vocação, entrei nesse mar e não fui desapontada. O vocacional foi para mim um tempo maravilhoso de intimidade com a voz de Deus, escuta, discernimento, oração e decisão. Assim, descobri quem eu sou, desde sempre, no coração de Deus. Descobri que Seus planos eram maiores e melhores que os meus. Ansiando ainda amadurecer dentro de mim a vontade d’Aquele que tanto me amou, permaneci no vocacional de 2017, que teve como tema “teu chamado, tua vontade; minha entrega, minha felicidade”, período em que fui mais uma vez envolvida na misericórdia de Deus e, inflamada por este amor, pude ao fim, corresponder com gratidão, certa de que encontrei um tesouro pelo qual vale a pena tudo ofertar. O vocacional é um tempo de grande descoberta sobre si, sobre Deus e sobre o Carisma, mas é também um tempo para amar e ser amado; para ser filho e deixar Deus ser Pai.
Maria Luísa França, postulante da Comunidade de Vida.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *