Sem Categoria

Vocacionados da missão São Paulo promovem noite do pastel

Com o objetivo de evangelização e participação na obra, o evento possibilita contemplar que há mais alegria em dar do que receber.

No último domingo (18) aconteceu na Missão São Paulo a tradicional noite do pastel organizada pela secretaria vocacional. A recepção, animação e todas as atividades do evento ficaram sob a responsabilidade dos vocacionados. Uma oportunidade para servir e dar de graça aquilo que de graça receberam.

“Foi uma oportunidade de convivência, e poder sentir a pertença do ser Shalom”, explica Sebastião Fernandes, vocacionado que ficou responsável pelo caixa durante a noite. “Engraçado é perceber que a graça de evangelizar sempre nos alimenta. Saí no domingo cansado, mas com sorriso no rosto e preenchido por dentro”, enaltece.

Evangelização e participação na obra: são esses os dois principais objetivos para a realização do evento. Evangelizar com um sorriso, um olhar, um abraço, um “seja bem vindo”. Evangelizar com palavras de conforto ou simplesmente por estar ali. Para os que estão vivendo o tempo de descobrimento da vontade de Deus, mergulhar no carisma e na identidade da comunidade é necessário. E viver essa experiência servindo ao próximo traz fecundidade a esse tempo.

O Centro de Evangelização estava cheio. Por ser domingo, toda a comunidade se reúne para, como família, participarem da Santa Missa. Chovia na cidade. Juntou-se o útil ao agradável: enquanto a chuva não passava, aguardavam na lanchonete e compravam o pastel.

Para Thielly Cristina, vocacionada que pela primeira vez cantava em um evento na missão, a emoção foi grande. “Já participei de vários eventos no Shalom, mas poder ver a casa cheia e saber que “eu” estava ajudando nessa evangelização é maravilhoso”, explica. “Senti o agir de Deus em minha timidez mostrando que é só pela graça que Ele realiza as obras em mim e que meu humano não é capaz de agir bem sozinho”, descreve com o coração transbordando gratidão.

Além da Thielly, o ministério de música que animou a noite foi formado pelos também vocacionados João Paulo, Camilla Santos e Ellen Roque. Juntos, transbordaram a alegria em ser Shalom por meio dos louvores que entreteram o público presente.

“Era explícito nas pessoas a alegria de estar ali, nos olhares, nas conversas”, conta a vocacionada Andréia Bueno. “Toda a equipe servia com um sorriso no rosto que vinha do alto. Era notável a alegria do sair de si e ir encontro ao próximo, por amor a Deus e ao outro.”

A casa estava cheia. Mais do que o esperado. Por conta disso, houve demora na fritura dos pastéis e entrega dos pedidos. Mas nada que tirasse o brilho da experiência que estava sendo vivida. Quando tudo começou, há 34 anos, os primeiros garçons da lanchonete Shalom passaram por essa situação. Mas o que estava sendo feito era tão maior que nada conseguiria destruir a alegria do servir, do contar com a providência e o cuidado de Deus.

“Graças à Deus as primeiras dificuldades internas foram vencidas”, comemora Vando Cabral, vocacionado que coordenou os garçons. “Logo quando o pastel acabou, sentimos um grande júbilo tomar conta de nossos corações, eu olhava para os meus irmãos dávamos glória à Deus pela noite que tinha sido maravilhosa”, enfatiza.

Ao final da noite, a alegria que transbordava no coração de cada um que esteve no evento era visível. A palavra que saía da boca dos envolvidos era somente gratidão.

“Pra mim é muito gratificante pois consegui sentir e constatei em todos que realmente a mais alegria em dar que em receber”, conta Michael Mota.

Para Andréa Mendes, o serviço é a oportunidade de ser útil para Deus e para os irmãos. “A noite do pastel foi linda! Um trabalho em equipe que tornou tudo mais leve e mais tranquilo.Muita alegria,parceria e amor”, relata. “Sou muito grata a Deus,porque ser Shalom é maravilhoso, até fritando pastel.”


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *