Shalom

Voluntariado em Cabo Verde: A alegria de ser um

Em unidade com a igreja local, os missionários celebraram o início da expedição em Cabo Verde com a ordenação de novos diáconos e presbíteros.

Juntamente com o sim dos novos diáconos e presbíteros, 21 missionários brasileiros e italianos puderam renovar, durante a celebração eucarística, o chamado que Deus os fez para a evangelização na África, colocando seus corações na missão de amar particularmente os pobres por meio do anúncio do Evangelho.

O Cardeal

“Em meio a tanta urgência e tanta pressa no mundo de hoje, Deus para e cuida, ama-nos. A nossa miséria já não existe mais, ela se transforma em grande motivo de louvor”, destacou, durante a homilia, Dom Arlindo Gomes Furtado, cardeal cabo-verdiano, atual Bispo de Santiago de Cabo Verde. Ele recordou também a imensa capacidade com que Deus nos ama e da necessidade de termos sempre disponibilidade e generosidade em toda forma de caridade ao próximo; não somente em palavras, mas em gestos concretos.

“Sejam colaboradores especiais para o bem, sejam o braço direito de Cristo estando a serviço da Igreja e em favor dos irmãos. Sejam sinal vivo da presença do Cristo que vem não para ser servido, mas para servir, dando a vida em função do outro”, orientou ainda o Cardeal.

“Como fazemos isso? Como podemos transfigurar Cristo aos pobres do mundo de hoje no local em que estamos? Com atitudes de atenção e carinho a comunidade, sendo um toque de amor na fé, esperança e disponibilidade ao serviço, ao exemplo de Jesus”.

Convivência

Logo após a missa, os 21 voluntários participaram de um almoço comunitário com Dom Arlindo Gomes Furtado, com o clero local, que compõe as ilhas de Cabo Verde, e com os leigos. A convivência foi um forte momento que marcou o início da expedição missionária da Comunidade Shalom na região.

Missão de Cabo Verde

Segundo Diego Rodrigo, responsável local da missão da Comunidade Católica Shalom em Cabo Verde, a comunidade sempre foi acolhida pela Igreja do país. Para ele, o início da expedição em meio à festa da Igreja cabo-verdiana pela ordenação de novos diáconos e presbíteros foi um sinal do Espírito Santo que tudo conduz.

“Foi um momento muito importante, pois mostra o desejo de viver a unidade das ações da comunidade com a Igreja. Também alegrou-me ver os voluntários e suas surpresas com a cultura local, as músicas em meio ao povo, convivendo com os religiosos, padres e bispo, fortalecendo nossa integração”, destacou o responsável local.

Quando nos encontramos com Deus não permanecemos no mesmo lugar. Não conseguimos ficar parados percebendo tamanha sede que a humanidade tem de Deus. Nesse movimento surgiu a expedição missionária em Cabo Verde, oferecendo uma oportunidade de amar e alegrar os mais pobres.

Rafaella Marques Vieira

 Comunidade de Aliança Shalom


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *